Menu fechado

Legisladores europeus querem forçar todos os smartphones a ter a mesma porta de carregamento, Apple defende a Lightning

Lightning, USB-C, iPhone

Com o objetivo de reduzir o desperdício e aumentar a conveniência, legisladores europeus debaterão hoje se todos os smartphones, tablets e outros dispositivos portáteis, devem ter uma porta de carregamento padronizada, como por exemplo, a porta USB-C.

Pelo menos alguns membros do Parlamento Europeu querem medidas que garantam que um tipo de carregador seja compatível com todos os dispositivos portáteis.

As portas de carregamento propostas para os dispositivos portáteis são: Micro-USB, USB-C e o conector Lightning.

Há quase um ano, a Apple disse que as regulamentações que obrigariam todos os smartphones a terem a mesma porta de carregamento “congelariam a inovação”, “seriam ruins para o meio ambiente” e “perturbariam desnecessariamente os clientes”.

Mais de um bilhão de dispositivos Apple foram vendidos usando um conector Lightning, além de um ecossistema inteiro de fabricantes de acessórios e dispositivos que usam o padrão Lightning para atender os nossos clientes. Queremos garantir que qualquer nova legislação não resulte no envio de cabos ou adaptadores externos desnecessários, a todos os dispositivos, ou torne obsoletos os dispositivos e acessórios usados ​​por milhões de europeus e centenas de milhões de clientes da Apple em todo o mundo. Isso resultaria em um volume sem precedentes de lixo eletrônico e incomodaria bastante os usuários. Ser forçado a perturbar este enorme mercado de clientes terá consequências muito além dos objetivos declarados pela Comissão.

A partir de 2009, a Apple liderou os esforços da indústria, trabalhando junto para promover uma solução de carregamento comum. E com o surgimento do USB tipo C, se comprometeu, ao lado de outras seis empresas, para que todos os novos modelos de smartphones alavanquem esse padrão aravés de um conector ou um conjunto de cabos. Acreditamos que esse esforço de muitas das principais empresas do setor é melhor para inovação, melhor para os consumidores e melhor para o meio ambiente.

Uma votação sobre o assunto será realizada em uma próxima sessão do parlamento. Embora alguns membros desejem que a política seja regulamentada, obrigando empresas como a Apple a cumprir, ainda existe a possibilidade de que ela seja implementada com uma abordagem voluntária, que poderia simplesmente ser ignorada, segundo a Comissão Europeia.

Legisladores europeus têm considerado regulamentações semelhantes desde pelo menos 2009.

via MacRumors